Inverno começa oficialmente nesta quinta-feira em todo o Brasil.

27/04/2016

Com temperaturas mais baixas e inversões térmicas que causam nevoeiros e neblinas no período da manhã, o inverno começou oficialmente nesta quinta-feira (21) às 07h07 (horário de Brasília) e se estende até o dia 22 de setembro às 22h53, quando tem início a primavera.


Em todo o Brasil, o inverno leva a variações no regime de chuvas — com o Sudeste ficando mais seco. Segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o trimestre que compreende o inverno (junho, julho agosto) será o período menos chuvoso do ano nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.


Também no inverno, o ar seco e o vento calmo favorecem a formação da bruma – substâncias sólidas suspensas na atmosfera, tais como poeira e fumaça – o que polui o ar. Na região Norte, o Instituto Nacional de Metereologia (INMET) informa que o volume de chuvas deve variar de normal a acima da média chuvas. A exceção fica com o centro amazonense e centro-sul do Pará, onde existe uma tendência de as chuvas ficarem de normal a abaixo da média.
Na maior parte do Nordeste, a temperatura permanecerá próxima à média, enquanto que no interior da região inicia-se o período seco e a previsão é de temperaturas ligeiramente mais altas que a média nacional no inverno e baixos índices de umidade relativa. Na maior parte da região Sul, o INMET informa que o inverno ficará dentro da normalidade com temperaturas mínimas podendo atingir valores abaixo de 0ºC em áreas serranas e de planalto, principalmente no mês de julho.
Inversão térmica e umidade

Segundo o Inpe, inversões térmicas e nevoeiros no período da manhã reduzem a visibilidade no inverno. O nevoeiro consiste na existência de gotículas d’água que flutuam no ar e reduzem a capacidade de observação a menos de 1000 m. Quando ocorrer nevoeiros, a umidade do ar deve alcançar 98% no período da manhã. Já o contrário ocorre à tarde, com a umidade do ar registrando valores de até 40%.

Superior Tribunal de Justiça decide restringir foro privilegiado de governadores.

27/04/2016

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta quarta-feira (20) restringir sua competência para julgar casos relativos a governadores, desembargadores e outras autoridades, conforme previsto na Constituição.

Com a decisão do tribunal, governadores e membros de tribunais de contas dos estados vão continuar respondendo a processos no STJ somente se o crimes que lhe são imputados ocorreram quando estavam no cargo ou relacionados com o mandato. Caso contrário, as acusações serão enviadas para a primeira instância da Justiça.
A medida foi tomada a partir da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, no mês passado, restringiu o foro por prorrogativa de função, conhecido como foro privilegiado, para deputados e senadores.
A questão oomeçou a ser julgada em maio, quando a Corte passou a analisar se o STJ poderia, por iniciativa própria, também adotar algum tipo de restrição ao foro privilegiado.
O caso concreto que levou o tema a debate na Corte Especial diz respeito a um conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal denunciado por estelionato pelo Ministério Público Federal (MPF). O crime teria sido cometido quando ele era deputado distrital, cargo que não tem foro no STJ.

Composta pelos 15 ministros mais antigos do STJ, a Corte Especial é o colegiado a quem cabe julgar ações penais contra pessoas com foro no tribunal superior, onde tramitam atualmente 200 processos do tipo, sendo 93 inquéritos e 72 ações penais.

Golpe no WhatsApp para consulta ao PIS afeta 116 mil pessoas em 24 horas.

27/04/2016

Mais um golpe atingiu os usuários do WhatsApp. Se aproveitando do início do pagamento dos recursos do PIS-Pasep, iniciado na última segunda-feira (18) em todo o país, hackers estão distribuindo links maliciosos que ofereceriam a possibilidade de verificar o saldo a ser recebido. Cerca de 116 mil pessoas foram atingidas apenas nas últimas 24 horas, de acordo com informações do dfndr lab, do PSafe.
Além de mensagens no WhatsApp, a ameaça continua ganhando escala através de notificações enviadas para uma base de usuários que já caíram em golpes anteriores. Segundo o laboratório de cibersegurança, mais de 100 mil pessoas fazem parte da base que permitiu o envio do conteúdo malicioso.


A forma de disseminação é semelhante a outros golpes ocorridos em 2018. Ao clicar no link nas notificações, os usuários são direcionados para uma página com um texto que, supostamente, seria da Caixa Econômica Federal, indicando a liberação do benefício. “PIS salarial pra quem trabalhou entre 2005 à 2018 no valor de R$ 1.223,20”, diz a página do golpe.

Após algumas perguntas pessoais, como “Você trabalhou com carteira assinada entre 2005 a 2018?” ou “Você está registrado atualmente?”, a fraude incentiva o usuário a compartilhar com 30 amigos ou grupos do WhatsApp para, finalmente, finalizar o processo e realizar o saque do valor.
O TechTudo entrou em contato com o dfndr lab a respeito do domínio usado neste golpe, de final “.top”, pois ele já havia aparecido em outras campanhas maliciosas no passado. O laboratório confirmou esta informação e acrescentou que isso demonstra que o hacker tem apenas mudado o tema. Enquanto este domínio não for bloqueado, ele ainda poderá ser aproveitando em novos golpes.
Este caso do PIS se junta aos diversos outros golpes ocorridos este ano. Em maio, cerca de 50 mil brasileiros foram atraídos por uma falsa promessa de ingressos gratuitos para o filme “Vingadores: Guerra Infinita”. Além de responder perguntas pessoais, os hackers ainda exigiam que o conteúdo fosse compartilhado com amigos da vítima.
Recentemente, a greve dos caminhoneiros também foi utilizada para fraudes. Um link malicioso supostamente mostraria postos de gasolina com combustível disponível para compra – que na verdade levavam para sites pagos e apps de origem duvidosa. Antes disso, outro golpe oferecia uma blusa oficial da Seleção Brasileira para quem compartilhasse a mensagem com até 30 contatos.

Aplicativos


 Locutor no Ar

Programada Independente

Jovem Gospel

21:00 - 21:59

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Saia Rodada

Filho do Mato

02.

Wesley Safadão

Romance com Safadeza (Feat. Anitta)

03.

Banda A Loba

Cama Velhinha

04.

Pode Balançar

Diz Que Sim

05.

Solange Almeida

Indecisão (Feat. Riquelme)

Anunciantes